Postos de recebimento de embalagens vazias

Pirangi-SP
Av. Joaquim Balbino dos Reis, 20
Distrito Industrial I
Barretos-SP
Rodovia Vicinal Nadir Kenan km 1,7
Zona Rural
Bebedouro-SP
Estr. Municipal Bebedouro a Viradouro s/nº km 1
Sitio Santo Antonio
Batatais-SP
Av. Vereador Oswaldo Marques, 102
Distrito Industrial
Monte Alto e Jaboticabal
R. Bruno Maida, 75
Monte Alto – SP

Lavagem das embalagens

A legislação brasileira determina que todas as embalagens rígidas de defensivos agrícolas devem ser lavadas com o objetivo de evitar a sua contaminação com produto residual. Além disso, os procedimentos de lavagem, quando realizados durante a preparação da calda, evitam desperdício do produto e reduzem riscos de contaminação do meio ambiente. A lavagem é indispensável para a reciclagem posterior do produto e deve ser feita conforme norma específica (NBR 13.968) da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

A norma prevê dois tipos de lavagem: tríplice e sob pressão.

Tríplice lavagem

Como o próprio nome diz, a tríplice lavagem consiste em enxaguar três vezes a embalagem vazia, de acordo com os seguintes passos:

Esvaziar totalmente a embalagem.
Encher a embalagem com água limpa até ¼ de seu volume (25%).
Recolocar a tampa e fechar com firmeza. Agitar o recipiente vigorosamente em todos os sentidos, durante cerca de 30 segundos para dissolver qualquer resíduo do produto que tenha aderidos à superfície internas da embalagem.
Despejar a água de enxague dentro do tanque do equipamento de aplicação, com cuidado para não espirrar. A embalagem deve ficar sobre a abertura do tanque por aproximadamente mais 30 segundos, para que todo o conteúdo escorra.
Repetir esses procedimentos mais duas vezes.
Inutilizar a embalagem. Para isso, basta perfurar seu fundo com um objeto pontiagudo.